3 de setembro de 2009

Bestializados ainda ou revoltosos naturais ?

video

Atuação da polícia é questionada nas favelas de São Paulo

Polícia...Polícia para quem precisa de Polícia... A situação das favelas em São Paulo, anunciam um fim mais trágico ainda, seria a revolta da população, seria a maneira conflitual que a sociedade carente expressa suas frustações? O que fazer? como entender? Os caminhos apontados por especialistas sempre no caminho da crítica , neste particular a Polícia é e sempre foi o cordão umbilical entre o homem e a sociedade. No relato de Jose Murilo no livro " Bestializados" a população assistia a tudo inerte, sem reação , achava-se até que o povo daquela banda era "des almado" povo sem sangue , que não lutava pelos seus direitos...mais até que ponto se deve lutar e como e contra quem ou contra que??? Podemos refletir e pensar .

A característica essencial da filosofia, que a torna um estudo diferente da ciência, é a crítica. A filosofia examina criticamente os princípios usados na ciência e na vida quotidiana; procura inconsistências que possam existir nestes princípios, e só os aceita quando, em resultado de um inquérito crítico, não surgiu qualquer razão para os rejeitar.

" Aqui há um povo; há mais que um povo: há povos". Entre os povos havia o bom e o mau povo: o bom era o brasileiro republicano; o mau, o estrangeiro, particularmente o português, antinacional, monarquista ou, na melhor das hipóteses, politicamente apático". Aconteceu a revolta da vacina obrigatória, DURANTE UMA SEMANA...partes da cidade foram tomadas por grupos populares, o tráfego parou, BONDES FORAM QUEIMADOS, postes de luz destruídos, BARRICADAS levantadas, etc, isso aconteceu em 1904 na cidade do Rio de Janeiro.

Nenhum comentário: